Por que mudar de forma brusca não funciona?

Olá,
childhood-610540_1280
Eu estava escrevendo um pouco, ontem à noite, e, lá pelas tantas, no meio da história, me veio um pensamento interessante. Um lampejo que eu acho válido compartilhar com você.

Se eu tivesse de resumi-lo, em uma única frase, seria algo como:

 

Grandes Transformações nascem de Pequenas Mudanças

 

Se você quiser acessar o seu Modo de Vida Criativo (aquele Modo de Vida no qual sua Essência, sua Autenticidade se revela), há de imaginar que é necessário passar por uma Grande
Transformação. É necessário que pare de dar ouvidos só para o que vem de fora – para as opiniões dos outros, para as pressões sociais etc. – e se dedique a descobrir o vasto universo que há em seu interior. E, com uma vida tão corrida, tão cheia de compromissos e informações como a nossa, ultimamente, isso quase nunca é muito fácil de se fazer (ainda que seja bem simples, se você parar para pensar): são raras as oportunidades que muitos nos damos para nos conhecer.

Então, para conseguir se dedicar ao Autoconhecimento, seria necessária uma Grande Mudança, certo? Uma mudança no estilo de vida, nas prioridades etc…

Sim. Contudo, é aí que entra a beleza daquela frase, destacada acima: as Grandes Transformações são realizadas, sempre, por meio de Pequenas Mudanças
Uma das principais travas que eu enxergo impedindo que transformemos as nossas vidas (além de padrões e hábitos, dos quais ainda falarei muito, muito mesmo, você verá) é querer transformar água em vinho.

O que eu quero dizer com isso? Que, muitas vezes, nós queremos promover mudanças radicais no nosso estilo de vida. Queremos uma vida mais saudável, uma alimentação melhor, um corpo mais belo, uma vida mais Criativa, mais Autêntica, com mais Sentido…
… E queremos pra ontem! E, pra que isso aconteça, prometemos, a nós mesmos, mudar tudo, de uma hora para a outra, do dia pra noite (ou de domingo pra segunda)…

E, daí, o que acontece, no final das contas? Depois de não muito, nós voltamos pra estaca zero, pro ponto inicial, desistimos, largamos mão, pensamos “isso não é pra mim”.

… Isso se a gente não congelar, não ficar bloqueado, empacado, antes mesmo de começar, tremendo na base, só de olhar o tamanho da encrenca pela frente.

Agora, aproveitando-se desse pensamento, dá próxima vez que você quiser gerar uma Grande Transformação na sua vida (e eu imagino que você queira, ou não estaria aqui, lendo este artigo, buscando uma vida mais Criativa), que tal começar com um pequeno passo por vez?

… Que tal começar a mudar (radicalmente) a sua vida, pouco a pouco?

Entenda: você não vai se autoconhecer nem sua vida não vai ganhar Sentido do dia pra noite. Mas você tem de começar de algum lugar, com algum passo. E ler este artigo já é um deles!

Ser mais autêntico (ou não) é algo que só depende de você. Ninguém pode dar esses passos por você. Cabe a você colocar-se em movimento, dando um pequeno passo por vez. Lembrando-se sempre de que:

Grandes Transformações nascem de Pequenas Mudanças!

E boas-vindas ao seu Modo de Vida Criativo!

 

=)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *